TEEN WOLF: 5.11 "THE LAST CHIMERA" & 5.12 "DAMNATIO MEMORIAE"

segunda-feira, janeiro 18, 2016

Coisinhas a ter em conta antes de começar a ler: o post é sobre a série e contém spoiler e eu continuo a achar que se não vês Teen Wolf estás a perder a maior série alguma vez produzida. Aqui encontras outras reviews escritas com muito amor.
Teen Wolf, meu amor, que saudades tuas!

Depois de quatro meses sem Teen Wolf, a série voltou com um episódio bom que passou a voar, porém não representou tudo o qua a série já foi. Não me levem a Mal, "The Last Chimera" deixou me com altas expetativas, agora que aparentemente paramos de brincar de morto e vivo com as chimeras.



Na minha opinião, o Theo é uma personagem fascinante. Já tivemos vários lados dele apresentados em apenas onze episódios, o seu lado manipulador, por exemplo, que enganou a maioria de nós no começo da temporada. Mas neste episódio descobrimos o tamanho da sua crueldade. Pois vamos ser sinceros: matar a própria irmã, por qualquer motivo, já é, no mínimo, ser um psicopata, agora mata-la porque houve um momento em que tu ouviste uma história sobre uns médicos que te poderiam transformar num ser sobrenatural, é um outro nível de psicopatia. Porém ainda conseguimos ver claramente que apesar de ser tudo de mau, ele mantém respeito pelo Stiles, coisa que nenhuma outra personagem consegui adquerir dele.



Qualquer episódio que tenha o Stiles como destaque vai ser, no mínimo, um bom episódio. Confesso que não me çembrava de um terço do que tinha acontecido desde o último episódio, por isso, os primeiros 15 minutos foram totalmente confusos, principalmente a parte do pai do Stiles. Como eu achei que o nosso queria querido Xerife ia morrer... Mas graças ao bom senhor, não foi desta vez.

Toda a procura pela Chimera que envenenou o Xerife foi divertida e um pouco estranha. Não consigo não deixar de achar o Scott um banana, mas acho-o um banana com boas intenções. Eu também não consigo entender a sua reação: se o meu mundo tivesse sido virado do avesso, que nem o dele, eu iria precisar de um bom banho quente, de uma almofada para chorar, um pote de gelado e uma noite a ver filmes lamechas para me recompor, mas ele não, já quis ir ajudar todos a sua volta. Depois do modo que ele tratou o Stiles, escolhendo o lado do Theo em todas as situações possíveis, eu não consigo entender como ele se vira para o Stiles e lhe diz que todos cairam pelo ato do vilão. Como assim mundo? Desde o primeiro episódio que o Stiles avisou que ele não era boa coisa.

E a sugestão de chamar o Liam para ajudar? Horas antes ele quase te matou e tu deixas-lo volta para a tua vida sem nenhuma conversa? Não que eu defenda o Liam, de maneira nenhuma, eu achei-o insuportável o episódio inteiro, mas ele devia se sentir culpado em vez de procurr um corpo perdido por ai, deveria ao menos ligar para o Scott e deixar bombons na porta delr. E senhor Mason?Estou decepcionada com ele e o seu dever de melhor amigo. É que quando o teu amigo faz uma asmeira, como ligar para a ex namorada o procedimento normal é dar-lhe um sermão, imagina quase assassinar outro amigo, tu tinhas que chegar e falar "olha tu estás a ser trouxa, então vamos parar para pensar em como concertar as coisas com o teu papa Lobo”. 

Malia estava mais poderosa do que nunca neste episódio, mostrou se um lobo melhor, um que o Scott nunca foi (mesmo ela sendo um coiote). Fico triste com o fim do relacionamento dela com o Stiles mas acho impossível os dois continuarem juntos depois de tudo que aconteceu com eles e eu shippo Stydia. Malia tem seus próprios demónios para enfrentar com a sua mãe a voltar para a matar e, Stiles está a sentir se traído pelo seu melhor amigo, o seu pai quase morreu, possivelmente ele ainda tem partes de um demónio japonês dentro de seu corpo e sentimentos pela sua antiga paixão que está quase a morrer... Realmente não é fácil ser esses dois!


Marrish era um ship que tinha tudo para ser muito bom, afinal Lydia merecia um good guy, que pode protege-la, inteligente e com um corpo maravilhoso daqueles mas conforme os episódios estão a passar, eu cada vez acho mais estranho o relacionamento entre os  dois. Eu entendo que tu sonhes com a tua crush a beijar  te, nu, eu realmente entendo isso ( momento confissão ), mas se tu parares para pensar que: grande parte dos episódios o Parrish está a andar nu por aí ou a sonhar, ele não se torna um candidato muito viável a namorado do ano.





O que dizer de Lydia, que foi o grande destaque do episódio? Morri de dó dela a ser internada naquela casa horrenda pela própria mãe. E mais dó dela ainda vagueando por ai numa floresta sozinha, ansiosa para saber como ela vai fugir de lá.

A percepção de algo maior.

Confesso que esses dois episódios de Teen Wolf foram um pouco confusos para mim, afinal depois de mais de quatro meses sem acompanhar a trama, vários detalhes e acontecimentos se tornaram obscurecidos na minha mente. Contudo, pela lado positivo, em Damnatio Memoriae as coisas parecem andar para algum direção, enfim, e para a resolução do arco dos Dread Doctors.
Já que o bando ainda está aos pedaços, cada um faz o que pode para descobrir mais informações sobre os planos de Theo e o que diabos vai ser a próxima coisa louca a acontecer. Logo na sequência inicial somos apresentadas a já famosa "última quimera" (que graças aos efeitos especiais de ponta de Teen Wolf - cof, cof - parece uma tartaruga ninja com esteróides) e já dá para entender como as coisas vão se ligar nos próximos episódios.

Enquanto Liam e Haley trocam algumas cenas mais fofinhas juntos, temos, enfim, a reconciliação entre Stiles e Scott. Gostei bastante da cena entre Stiles e seu pai, aliás, por abordar um ponto importante da primeira parte da temporada que foi a morte de Donovan, com a atenção necessária. Já mais estabilizado, Stiles aceita a ajuda de Scott para descobrir mais sobre essa última quimera e a mitologia confusa que os roteiristas com certeza vão colocar ao seu redor.
Um dos destaques do episódio e que me deixou animada para os próximos foi as cenas com Lydia. Ela é uma personagem cheia de potencial, mas que até agora foi utilizada mais para causar a atmosfera de terror e medo da série do que para nos explicar o que de fato uma banshee assim poderosa pode fazer. No entanto, com a volta da Meredith (aquela louquinha da última temporada!), eu vou ser trouxa mais uma vez e acreditar que agora vai e Lydia vai usar sua voz para coisas mais interessantes.

Por falar em retornos, Damnatio Memoriae foi cheio deles. Além da última quimera, que foi ressuscitada pelos Dread Doctors e de Meredith, temos o regresso de duas personagens importantes do clã Argent: o daddy Argent, como vimos no episódio passado, está entre nós de novo, e não sozinho. Para ajudá-lo a saber como combater a besta, ele pede ajuda a ninguém menos que Gerard (aquele velho chato que queria virar o senhor do mundo na segunda temporada e acabou com uma doença horrível). Pelo lado maravilhoso da coisa, já dá para enxergar a conexão com o episódio que nos trará mais uma vez Crystal Reed para Teen Wolf, ainda que seja para um flashback.

Não dá para saber se a segunda parte da temporada será excelente, mas torço para isso com todo meu coração e até agora, temos bons plots. Mas Theo continua sendo uma cobra.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR DISTO...

0 comentários

Olá meus amores! Ou como eu gosto de vos chamar, Woah'zitos.
No caso de vocês estarem interessados em comentar o conteúdo aqui do blog, fiquem a saber que depois de responderem ao formulário de comentários a vossa opinião não ficará visível, mas irá ficar assim que eu lei-a o comentário e autorize a sua publicação.
Prometo responder a todos vocês como muito amor e carinho.

Aviso

Na sua maioria, as imagens e ilustrações utilizadas no blog são retiradas do Tumblr, Pinterest ou de uma pesquisa no Google Imagens. Se por coincidência alguma das imagens aqui partilhadas seja tua ou de alguém que conheces, agradeço que entres em contato comigo para a devida identificação ou exclusão das mesmas.

Os textos são da minha autoria, então caso queiras retirar alguma informação, eu agradeço ser citada e/ou informada. Qualquer informação retirada de um jornal, revista, livro, Internet ou outros, estará citada e identificada.

Instagram