MELHORES POSTS DOS ÚLTIMOS TEMPOS

domingo, julho 09, 2017


[Reposting this one porque a primeira versão deu raia]. Desde bem novinha que ouço os meus parentes mais próximos e professores a falarem dos perigos da internet. Até hoje o meu avô abertamente constantemente com receio de que eu sofra qualquer tipo de golpe. E foi bom crescer com a noção de que quando se navega na internet todo o cuidado é pouco, mas a verdade é que quem me dizia essas coisas esquecia se de mencionar algo igualmente importante: quando se navega com cuidado e com atenção e sentido crítico quanto aquilo que abrir/visitar o conteúdo online pode enriquecer nos de mil e uma maneiras. Daí este post juntar algumas das coisas mais incríveis que eu li em blogs que sigo nos últimos tempos.  

"Pois bem,  antes de colocar as tranças eu procurei por inspirações de negras do meu tom com tranças coloridas and guess what? Não achei praticamente nenhuma. As poucas que apareciam eram negras de pele clara ou brancas. Confesso que stressei um pouco por isso e pensei em desistir da ideia. Ridículo? Depende do ponto de vista, e da vivência de cada um. No meu, só prova mais uma vez o quão importante é a representatividade (negra). O quão triste e desmotivador é não nos vermos nos meios de comunicação, e sermos invisibilizados over and over again. "

Medo de Estragar Tudo - Depois dos Quinze
"Ela passava pelos mesmos lugares. Via as mesmas paisagens e, por dentro, a sensação que ressoava era similar àquela de estar andando em círculos. Vez ou outra ela parava rapidamente e checava: será que estava circulando o mesmo lugar? Mas não era isso, o caminho continuava reto. É que, de fato, para chegar lá, era ela quem optava por percorrer sempre as mesmas vias."

"Talvez tu não deves fazer ideia do quanto é difícil nos doarmos por alguém que não sente o mesmo. Ou, de repente, por alguém que perdeu o interesse, que errou inúmeras vezes. Eu fiz a minha parte. Te escutei, tentei ser compreensiva, te desculpei, passei por cima de todo o meu orgulho e vaidade. E tu o que fizeste com todos os meus sentimentos? Pisaste em cima. Igual ao que tu fazes quando vais entrar na tua casa: tu esfregas os pés no tapete, com intenção de deixar nele todas as impurezas e sujeiras. Comigo tu fizeste pior. Tu não tivest o cuidado de pedir licença ao entrar, tiraste os sapatos para me fazer acreditar que em ti habitava algum tipo de honestidade. Tu parecias uma pessoa de caráter. Eu deixei uma pessoa desconhecida fazer morada em mim, no meu interior. E não te expulsei, muito pelo contrário, eu te dei toda hospedagem. Tu sempre falavas demais e fazias de menos. Agora chegou a minha vez…"


Um tempo para si - Caligrafando-te 
"Talvez o que a gente precise mesmo é de um tempo para si. Um momento mínimo que pode mudar o resto do dia. Um tempo para pegar na mão da solidão e dançar. Talvez uma valsa, talvez um clássico ou quem sabe até aquela música chiclete que insiste em não sair da cabeça. Um tempo para conversar com as paredes, mesmo sabendo que ela não vai te responder uma única vez. Um tempo para fazer uma lista breve sobre pontos não muito importantes. Um tempo para se olhar no espelho e ter a certeza de que está feliz assim, com as escolhas que tomou. Um tempo para si. Para fechar os olhos e se enxergar por dentro. Remendar as feridas antes que seja tarde."

O Despertar - Where The Light Is
"sinto que somos humanos, mas não de verdade. fomos feitos pra sentir, mas em algum lugar no meio do caminho decidimos que ser sensível é ser fraco. garotos aprendem a não chorar, garotas são diminuídas por chorarem demais. precisamos de conexão, mas em vez disso escolhemos nos isolar, cansados demais de sermos machucados. estamos quebrando uns aos outros porque cedemos cedo demais ao desespero de sermos amados, quando ainda nem aprendemos a amar. temos tudo que precisamos pra viver, mas mesmo assim insistimos em inventar coisas, coisas e mais coisas que só servem pra nos dar uma vida de insatisfação. dói que o mundo seja tão lindo, mas que a maioria de nós nunca vai vê-lo. sei que nada disso é novidade."

Atenção: tive alguns problemas com o meu computador e por esse motivo uma versão deste post foi ao ar no mês passado. Contudo por algum motivo, na altura a plataforma do blog não guardou a versão final do post e o mesmo foi publicado bastante inacabado. Isto, para explicar o porquê de alguns posts já não serem tão recentes assim.  Também é importante salientar que a gatona da foto é a Sandra do Diário de uma Africana, sigam o instagram dela @umafricana

QUAIS FORAM OS MELHORES POSTS QUE LESTES NOS ÚLTIMOS TEMPOS? JÁ TINHAM LIDO ESTES? Contém me todo nos comentários e não se esqueçam de subscrever. Afinal, quem está subscrito lê sempre primeiro. As imagens que ilustram este post não são conteúdo meu. A primeira é da autora do Diário de uma Africana e foi editada no editor online Canva enquanto que o gif da Lisa dos Simpsons encontrei-o no tumblr e não sofreu sem qualquer alteração da minha parte.

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR DISTO...

0 comentários

Olá meus amores! Ou como eu gosto de vos chamar, Woah'zitos.
No caso de vocês estarem interessados em comentar o conteúdo aqui do blog, fiquem a saber que depois de responderem ao formulário de comentários a vossa opinião não ficará visível, mas irá ficar assim que eu lei-a o comentário e autorize a sua publicação.
Prometo responder a todos vocês como muito amor e carinho.