Ana tem 20 anos e é uma fã sofredora dos One Direction

segunda-feira, abril 02, 2018

Agora, todos juntos: baby you light up my world like nobody else the way that you flip your hair gets me overwhelmed but when you smile at the ground it ain't hard to tell you don't know, oh oh you don't know you're beautiful
Se há coisa que tenho certeza sobre mim é que sou directioner, é algo que descobri ser ha já vários anos e sinto que pode vir o que vier que o meu amor pelos membros originais dos One Direction não irá mudar (e sim, admito que raiva que senti pelo Zayn quando decidiu sair da banda quase alterou isso, mas no fim de contas continuo a admira lo). Apesar desta ser uma banda que acompanhou toda a minha adolescência, de me ter apresentado ao mundo dos fandoms e das fanfics, sinto que não falo deles o suficiente por estas bandas, talvez porque eles se decidiram separar e não há muito para dizer a respeito deles mesmo que haja um ou outro post que nos quais a banda é mencionada o primeiro post em que eles são o tema principal é deste ano. Acho que esse foi o principal motivo para querer falar deles durante este mês. E também porque, tal como disse no título, sou uma fã sofredora e gosto mesmo de ficar a ouvir músicas deles e chorar rios por causa da pausa que nunca mais termina.
O que me realmente levou a sofrer durante a elaboração deste post foi as regras que eu mesma criei: onde é que eu estava com a cabeça para decidir que seria mais fácil escolher apenas três músicas por cada álbum lançado em grupo e um bónus com um música por trabalho a solo? Só não foi extremamente difícil como injusto, várias músicas das quais gosto tiveram de ficar de fora desta lista, por isso, se daqui a uns dias me ouvirem dizer que a final a minha música favorita deles é a Best Song Ever, não fiquem a julgar que eu não sou congruente, apenas é extremamente difícil escolher a melhor música de sempre deles.



Peço vos ainda que tenham em conta que eu não sou uma critica musical e que se lembrem que eu não tenho formação musical quase nenhuma. Tocar flauta não conta. Por isso, as minhas escolhas baseiam se apenas em gosto musical (e talvez tenham sido influenciadas pelo meu humor no dia em que esta lista foi elaborada).


Em 2011, a boys band lançou o seu album de estreia, onde o principal estilo musical é o pop, tendo uns leves toques de pop rock, dance-pop, teen pop e power pop, que recebeu maioritariamente criticas positivas da critica. Selecionei as faixas Same Mistakes, I Wish e Gotta Be You.


No ano seguinte, lançaram Take me Home que em termos musicias, Take Me Home é um álbum pop influenciado por diversos gêneros, como o synthpop, dance pop e o rock dos anos 1980. O mesmo foi considerado pelos, então, cinco elementos do grupo como muito melhor que o seu lançamento anterior. Atualmente, as músicas que mais gosto são a Summer Love, Over Again e Little Things.

Como Midnight Memories que saiu em 2013 a banda habituou os seus fãs a novas músicas e projetos a cada ano que passava #ThanksGood. O seu terceiro álbum de estúdio segui os passos dos seus antecedentes ao receber comentários positivos da crítica especializada. Com influências musicais predominantes dos anos 80 em todo o projeto, as minhas favoritas são Story of My Life,You & I e Half a Heart.

Em 2014 toda a minha vida parou quando foi lançado o seu quarto albúm, intitulado de Four. Para além de ser o último projeto da banda que teve a participação de Zayn Malik o mesmo tornou-se um dos meus discos favoritos de sempre. É um trabalho bem mais maduro que os anteriores e que, na minha opinião, não só contou mais com a participação dos membros do grupo no seu desenvolvimento como os levou a se exporem mais aos fãs. Amo de paixão 18, Spaces e Night Changes.
Por fim, enquanto grupo, lançaram Made In Am, o primeiro trabalho após a saída de Malik e que, na minha opinião, todas as músicas demonstram ser uma carta de despedida para as fãs o que me faz sentir uma idiota por acreditar que um dia eles voltam. I Want To Write You a Song, History e Infinity são as músicas que mais gosto dele.

Harry Styles é o nome que Harry Styles deu ao seu albúm de estreia a solo #QueOriginal. Lançado em 2017, escolho Two Ghosts como a minha canção favorita. #LarryIsReal

Liam Payne
Dos cinco, a solo o que mais me surpreendou foi certamente o Louis, uma vez que só com o seu novo projeto é que lhe comecei a dar realmente valor enquanto artista e facilmente indicava tudo o que já fez sozinho como aquilo que mais gostei, mas acabei por escolher a Miss You pra este post.

O Niall, que sempre foi o meu favorito entre os cinco, parece que lançou este albím só para me mostrar o porquê de sempre o ter preferido. Honestamente, será too much for ask que ele se mude pra minha casa? Acredito que a flicker é a minha favorita pela sua melodia e pela mensaem que passa, mas confesso que a confissão do Horan sobre a mesma ter um grande significado para ele me fez ama-la com todo o coração.

Por fim, Zayn com o albúm Mind of Mine. Confesso que levei algum tempo até ouvir o mesmo mas quando o fiz foi impossível não amar. Like I Would tem sido uma constante na minha digressão pelos chuveiros nacionais.
Quais são as vossas músicas favoritas do grupo e dos membros a solo? Contém me tudo nos comentários e não se esqueçam de seguir o blog. Afinal, os meus unicórnios e as minhas fadas lêm sempre primeiro. A primeira imagem não me pertence, eu apenas a editei com o Canva, Já as restantes foram fotografadas por mim

kill them with kidness,
Woah Arabella

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR DISTO...

2 comentários

  1. Eu pessoalmente gostava imenso deles, e o meu marido cantou-me o Little Things no nosso casamento. Foi uma ternura, então acabou por ser sempre um vínculo muito especial.


    THE PINK ELEPHANT SHOE //

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem consigo imaginar o quão bonito o momento deve ter sido e verdade seja dita, as músicas e os respetivos artistas super que mudam após situações como essas, em que criamos memórias que as incluem

      kill them with kidness,
      Woah Arabella

      Eliminar

Olá meus amores! Ou como eu gosto de vos chamar, Woah'zitos.
No caso de vocês estarem interessados em comentar o conteúdo aqui do blog, fiquem a saber que depois de responderem ao formulário de comentários a vossa opinião não ficará visível, mas irá ficar assim que eu lei-a o comentário e autorize a sua publicação.
Prometo responder a todos vocês como muito amor e carinho.