16 POSTS QUE EU AMEI ESCREVER

segunda-feira, abril 23, 2018


Vou começar este post sendo muito sincera convosco: este post está a encher chouriças e a ideia surgiu para tapar um buraco durante o veda. Não gosto de ter de escrever por obrigação, algo que digo e repito por aqui, contudo comprometi-me a participar no #BEDA e já me basta o fiasco da semana passada, então para hoje pensei trazer uma matéria cuja elaboração seria mais simples de forma a não perder minutos preciosos do meu tempo qualquer coisa, culpem a frequência de História dos Media.
Os posts estão ordenados por ordem cronológica por ordena-los de acordo com a minha preferência seria impossível:

A minha história em 10 Músicas: Sofri para escolher apenas uma música em cada tópico, porque tenho várias que me definem em diversos momentos. Se alguém pegar no meu telemóvel e me pedir para falar sobre cada música que tenho nele, sou capaz de contar uma história para cada uma. Motivo pelo qual achei que seria engraçado responder à tag a inha história em dez músicas.

O meu moreno: Às vezes  o meu mundo desaba, mas ele sorri, e eu sorrio, porque quando ele está aqui não importa mais nada. É ele, sabes? O homem certo. A gente encaixa se nas conversas, na cama, na vida. Nos defeitos e no amor. Os nossos acordes desafinados embalam a sinfonia dos casais apaixonados. Já era, amor, não posso mais deixar te sair, já não consigo viver sem ter aquele abraço apertado que me garante que ainda vais ser meu quando amanhecer. E tu és. Entende isso, moreno, e fica de uma vez na minha vida.

All the friends: O que é para ti a amizade? Para mim, a amizade verdadeira é uma espécie de amor que nunca chega ao fim. E quando tu encontras alguém que pode estar ao teu lado em todos os momentos importantes da vida. É um amor que existe para ser eterno e que tu sabes que vai estar sempre no teu coração, que jamais irá adormecer. Às vezes pode ser complicado, às vezes pode ser estranho e às vezes pode ser até louco. Mas apesar de ser um amor comum, é aquele amor que vai estar sempre presente para te segurar quando tu estiveres a cair ou para não deixar que uma lágrima role pelo teu rosto. A amizade nada mais é, do que ter alguém do teu lado que te ama incondicionalmente em todos os momentos.

A casa está desarrumada, mas o café e doce: Vou oferecer te um café e talvez queira tomar um pouquinho de ti. Mas só o suficiente para sentir o teu gosto, encher me de ti seria um desperdício. Aprendi que não se deve ir ao supermercado com o estômago vazio. Então, vou bebericar te, não fiques acanhado. Não vou cobrar te mais do que tu podes oferecer. 

Don't You Forget About Me | The Breakfast Club [1985]: As reviews de Teen Wolf e de Pretty Little Liars eram dos posts que mais gostava de produzir para o blog, contudo por serem series eram mais complicados de postar porque por vezes eu não conseguia ver os episódios na semana em que saiam e ao ficarem por ver ficava com as reviews em atrasado. Contudo, ao tentar terminar as reviwes de ambas as series dei-me conta do quão gostava das escrever. Series e filmes são das coisas que mais consumo e das quais mais eu gosto de falar então tive uma ideia de génio: fazer reviews de filmes para vocês. Assim nasceu a rubrica Na Estante que serve para fazer reviews em geral, sejam de fimes, series, álbuns músicas, livros e até fanfics - que todos vocês sabem que eu amo. O projeto iniciou se quando decidi falar do filme que conta a história de cinco alunos do secundário, de diferentes estereótipos, que se conheceram na detenção, onde eles acabam por abrir os seus corações uns com os outros e descobrem que têm muito mais em comum do que aquilo que imaginarem.

Se Tens Que Rugir, Ruge No Meio Dos Leões: Para mim o futebol é sagrado. Não. O Sporting é que é sagrado. Agradeço ao meu pai por isso, afinal foi por acompanhar desde pequena o seu amor por este grande clube que fiz de todos os outros adeptos sportinguistas espalhados por este país e pelo mundo da minha segunda família. Alvalade é, por consequência, a minha segunda casa. Contudo se me derem a escolher, acredito que irei preferir ficar a ver um jogo em casa, na tranquilidade do meu sofá a ir ao estádio. Gosto de sítios calmos. Não me julguem. 


11 Milhões: Lembro me de, inesperadamente, escrever este post que nem foi decorado com um foto cor de rosa como eu vos habituei. Sabem bem que eu acredito que cor de rosa faz tudo parecer mais bonito, mas naquele dia havia algo diferente para fazer tudo mais bonito. E nem era algo, era um alguém. Onze milhões para ser mais precisa. Onze milhões que nos fizeram trazer para casa o título de campeões europeus.

Se Eu Fosse Arabella: Sei que algumas pessoas dizem por ai que os meus ciúmes são exagerados e que eu sou demasiado insegura. Talvez eu seja mesmo, mas será que alguém já parou para pensar no por quê? Será que alguém já se deu ao trabalho de se perguntar o quê que me deixou assim? Eu sei que te sufoco um pouco e que as vezes tu tens vontade de ir embora e nunca mais voltar, mas voltas porque sabes que lá fora não é tão bom assim e que apesar de tudo sou eu quem te reviro por dentro. Eu sei que te irrito com tantas perguntas, querer saber sempre onde tu estás e o que estás a fazer e que te tiro do sério quando não paro de te enviar mensagens. Eu sei. Sei que tu tens vontade de desligar o telemóvel e desligares te de mim e perguntaste porquê que apesar de tudo tu ainda insistes em nós. Mas é que no fundo tu sabes, tu entendes. Não é culpa minha.

15 Lições de Vida de Harry Potter: Harry Potter é um livro/filme que me marcou durante a infância e na adolescência. Cresci com eles, mudei e aprendi a lidar com muitas coisas que aconteceram comigo. É impossível não falar dele sem sentir aquele carinho e lembrar de todos os detalhes com uma certa nostalgia. De uma forma ou de outra, a história marcou crianças e adultos, e todos nós trazemos um pouquinho daquele sonho de ter uma coruja de estimação, pedir conselhos ao Dumbledore ou ter uma sweater tricotada pela Senhora Weasley. Tudo isto para dizer que neste post vos trouxe algumas lições que aprendi com Harry Potter.

O Impacto do Kcena: O Kcena é um Projeto Lusófuno de Tatro Jovem conta com orientação de Graeme Pulleyn e é desenvolvido em parceria com o Teatro Vila Velha (Salvador/Bahia, Brasil) e com o Instituto Camões/ Centro Cultural Português – Pólo do Mindelo (Cabo Verde). Um dos seus principais objectivos é fomentar e valorizar a Língua Portuguesa através do teatro mas renova-se com o intuito de chegar a mais jovens, com novas ferramentas que contribuam para a formação teatral. (Source: Teatro Viriato). Projeto no qual participei em 2016/17 e vos contei como é que foi a minha experiência.

70 Dias Sem Ele: A verdade é que só dei conta de que algo estava errado depois de me afastar, quando paramos de nos ver. Após 70 dias sem ti, comecei a comer melhor, a exercitar me e a minha mente está mais estável, a minha voz está mais firme, durmo em paz e tenho mais disposição.
Chega até ser engraçado o quanto tu tiraste de mim sem que nem eu desse conta. Em dois meses e dez dias, voltei a ser alguém serena, fácil de lidar e sensata. Alguém que não tem mais motivos para deixar outra pessoa decidir por si.

10 Motivos Para Assistir Reign: É um hábito meu fazer várias maratonas de séries, quando as fases de testes na escola terminam, para me conseguir desconectar e relaxar depois de várias semanas stressada com provas e trabalhos. E foi assim que numa semana a série tornou se numa das minha queridinhas e consegui devorar as suas primeiras duas temporadas. Motivo pelo qual vos escrevi 10 motivos para vos convencer também a começarem a ver.

Take Me Back To The Night We Met: Foi quase como um daqueles contos de fada da Disney... Efêmera e arrebatedora... Mas sem um final feliz. Tivemos tudo e não tivemos nada, num dia tu eras tudo para mim e no outro eu era apenas mais uma que te teve... E até hoje não sei como é que isso aconteceu...

A Hard's Day Night: Não nasci para ser blogueirinha de moda que fica a partilhar mil e uma fotos a mostrar maneiras interessantes de combinar peças que quando estão no armário acabam por parecer serem aborrecidas. Primeiro porque só tenho paciência para tirar mil e um fotos uma vez por ano e em segundo porque não é só a minha roupa que parece ser aborrecida, a forma como a uso é igualmente aborrecida. Por isso, ao não insistir nesta história do Outfit Of The Day faço um favor a todos nós: vocês não são confrontados com as minhas opções de vestuário e eu não perco tempo a elaborar um post pelo qual ninguém se irá interessar... (Mas ainda assim, não deixem de conferir o post).

Os Filmes Com o Leonardo DiCaprio Que Tu Precisas de Ver: Se Deus reina no céu, na terra o rei desta porra toda só pode ser o Leonardo Dicaprio. Não sei ao certo quando é que surgiu este meu fascínio pelo ator, mas julgo que tomei consciência do mesmo quando vi o sexto episódio da segunda temporada de Gossip Girl, intitulado New Haven Can Wait, isto por a dada altura do episódio a Serena e a Blair são questionadas com quem elas jantariam se pudessem convidar qualquer pessoa no mundo, viva ou morta. A minha resposta seria, sem hesitar, o Leonardo DiCaprio, poderiam perguntar me mil vezes que continuaria a ser o Leonardo. Assim, não só decidi que até ao final do ano iria ver todos os filmes no qual o ator participou como escrevi um post sobre os melhores que vi até à data.

QUAIS SÃO OS VOSSOS POSTS FAVORITOS CÁ DO SÍTIO? Contém me tudo nos comentários e não se esqueçam de seguir o blog. Afinal, os meus unicórnios e as minhas fadas lêm sempre primeiro. NENHUMA das imagens que ilustram este post me pertencem, mas a que abre este post foi editada por mim no editor online canva
kill them with kidness,
Woah Arabella

TAMBÉM PODERÁS GOSTAR DISTO...

2 comentários

  1. É mesmo bom quando temos assim tantos posts que gostamos de escrever!

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim sempre fui muito claro que não iria publicar algo por aqui só para tapar buracos ou manter o blog atualizado, por isso procurei sempre por apenas publicar as cenas com que estava realmente satisfeita, daí ter vários posts dos quais gosto e uma lista tão extensa de posts que eu realmente amo e que adoro ler e reler

      kill them with kidness,
      Woah Arabella

      Eliminar

Olá meus amores! Ou como eu gosto de vos chamar, Woah'zitos.
No caso de vocês estarem interessados em comentar o conteúdo aqui do blog, fiquem a saber que depois de responderem ao formulário de comentários a vossa opinião não ficará visível, mas irá ficar assim que eu lei-a o comentário e autorize a sua publicação.
Prometo responder a todos vocês como muito amor e carinho.